É só mais uma lesão!

11202435_10207101040314308_7362498158227905700_n por Nilo Eiji Nakamura Toldo - Acadêmico do 5ºano de 
medicina pela Universidade Nove de Julho, apaixonado por esportes, representava sua atlética nas modalidades de futsal, futebol de 
campo, natação e atletismo. Agora está descobrindo um mundo novo.

Desde pequeno tenho uma relação muito próxima ao esporte. Lembro-me muito bem das inúmeras vezes em que me arrumei para ir para os treinos de futsal e natação. Confesso que não era muito fã de natação, talvez porque minha paixão pelo futebol era tão grande que não sobrava muito espaço para outros esportes. No futebol eu encontrava minha paz, me divertia, me sentia leve, desestressava. Quando jogava, buscava sempre ir além dos meus limites, me empenhava ao máximo. Ser melhor do que no treino anterior, essa era a minha meta.

O apoio dos meus pais sempre foi muito importante, mas com a ressalva de que eu não deveria exagerar. Minha mãe sempre falando que o corpo tem um limite e que eu deveria respeitar, porém por diversas vezes não respeitei esse limite e, com isso, vieram inúmeras lesões e alguns meses parados. Contudo, a determinação e o foco para voltar sempre me ajudaram em minha recuperação, assim conseguia voltar melhor do que antes.

Em todos esses anos de prática esportiva conheci muitas pessoas. Fiz algumas amizades por onde passei, conheci muita gente bacana, pessoas de todos os tipos. Graças a isso, muita coisa boa aconteceu nesses últimos meses. A principal delas foi proporcionada principalmente por um grande amigo que fiz jogando pelo time da faculdade. Ele é meu veterano, já está fazendo residência, e correu atrás para conseguir o melhor tratamento possível para mim. Devido a isso pude ser operado pelo maior especialista no assunto, o que está ajudando muito em minha recuperação.

Hoje consigo perceber o que o esporte me trouxe de bom. Um corpo saudável para suportar 35 dias de internação, 4 cirurgias e uma fisioterapia exaustiva. A humildade de reconhecer que não sei tudo, que a vida é um constante aprendizado. O foco para alcançar meu objetivo, voltar a andar. A determinação para sempre ir além dos meus limites, saindo da minha zona de conforto, me esforçando a cada sessão de fisioterapia para conseguir fazer algo novo e ter uma recuperação mais rápida que o normal. E as amizades que me ajudaram e me deram força para continuar me recuperando.

Decidi encarar tudo que está acontecendo como se fosse mais uma lesão, sabendo que é muito mais grave do que qualquer outra que já tive e que, dessa vez, não irei conseguir voltar melhor do que era. O medo e a ansiedade de nunca mais voltar a jogar futebol são companhias diárias.  Mas ao mesmo tempo penso que esse deve ser o meio que a vida arrumou para me dizer: “Basta de futebol, agora é a hora de expandir seus horizontes”.  A essência do esporte é a superação, vencer os desafios, encarar seus medos e isso eu carrego para a minha vida. Só assim é possível vencer os obstáculos que nos são impostos e seguir em frente.

http://www.internatomedicina.com.br

11202435_10207101040314308_7362498158227905700_n por Nilo Eiji Nakamura Toldo - Acadêmico do 5ºano de 
medicina pela Universidade Nove de Julho, apaixonado por esportes, representava sua atlética nas modalidades de futsal, futebol de 
campo, natação e atletismo. Agora está descobrindo um mundo novo.
Anúncios

3 comentários sobre “É só mais uma lesão!

  1. Estamos na torcida Nilo, e contentes com o seu aspecto física e emocional. Vc demonstra ser uma pessoa forte e com muita vontade de viver. Um grande. Abraço da família Conte

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s